Cuidado com os “rochedos ocultos”



🚧 Este artigo está sendo atualizado 🚧

A Bíblia alerta contra falsos cristãos que causariam danos à congregação cristã. Judas usa a palavra grega spi·lás para falar sobre tais, que se refere a uma rocha ou um recife que fica oculto debaixo da água: 

“Estes são os rochedos ocultos sob a água, nos vossos ágapes, banqueteando-se convosco.” (Judas 12)

Assim como rochedos ocultos são uma ameaça para navios, do mesmo modo tais homens constituíam verdadeiro perigo para outros na congregação.

Os Estudantes da Bíblia não estão imunes a tais perigos. É verdade que nem todos os que deixam de se associar conosco o fazem por motivos torpes. É possível deixar de estar associado com os Estudantes da Bíblia Bereanos e, ainda assim, serem nossos queridos irmãos. Mas, alguns que estiveram associados conosco e saíram para causar divisões no Corpo de Cristo por meio de mentiras e intrigas, hoje se dizem “irmãos” e tentam seduzir os incautos para seu lado.

Nesses casos específicos, a saída deles é conforme diz 1 João 2:19:

“Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; o fato de terem nos abandonado revela que nenhum deles era realmente dos nossos.” 

De fato, os que saem para causar divisões, seitas, intrigas, etc., dão fortes indícios de que não estão mais unidos a Cristo, ou que nunca estiveram realmente unidos a ele. Portanto, não queremos estar unidos a tais, explícita ou implicitamente.

Mas como é possível “rochedos ocultos” se infiltrar nas eclésias (congregações)?

Internet

A obra dos Estudantes da Bíblia Bereanos tem sido divulgada pela internet: YouTube, Facebook, Instagram, etc. Temos tido grande sucesso por esse meio e muitos irmãos fiéis tem sido encontrados. Mas como sabemos, a internet também é um terreno instável e volátil. Por conta disso, muitos que procuram os Estudantes da Bíblia Bereanos acham que é muito fácil tornar-se um Estudante da Bíblia, bastando para isso postar algumas fotos de nossas reuniões e publicações, ou colocar, na imagem de capa do Facebook, um símbolo da Cruz Coroada, ou da Tabela das Eras, etc, e — “Voilà!” Pronto! — já sou um Estudante da Bíblia. Obviamente, como indicado na Parábola de Jesus sobre o semeador, alguns desses logo desanimam e saem.

Pecados não resolvidos

Alguns que, no decorrer dos anos, fizeram isso, eram pessoas com problemas não resolvidos (pecados, falhas de caráter, vícios) e que haviam sido expulsos de suas anteriores religiões, mais especificamente das Testemunhas de Jeová. Daí, quando essas pessoas descobrem que não toleramos o pecado, simplesmente resolvem sair. (Obs.: ‘Todos pecaram e não atingem a glória de Deus’, diz Romanos 3:23. O problema não é o pecado em si. O problema é o não arrependimento ou a prática continuada do pecado.) Quando pessoas assim saem, não é "ruptura", mas sim, em nossa opinião, "limpeza".

Problemas com organização e hierarquia

Há também a questão de como os Estudantes da Bíblia estão organizados e de nossos ensinos fundamentais. Muitos desses “ex-seguidores” da página dos Estudantes da Bíblia  (não os chamaremos de “associados” pois nunca o foram), têm profundos problemas com a questão de hierarquia e organização — acham que “vale tudo”, querem destaque e ser líderes, etc., mas não querem estudar a Bíblia do modo correto. Ou então são pessoas com um profundo ativismo contra as Testemunhas de Jeová e se ressentem por nós não fazermos isso com a mesma intensidade, embora expomos, pontual e respeitosamente, os erros doutrinários dessa organização. Como é de se esperar, a empolgação deles não dura muito e acabam saindo. Já outros, com um espírito extremamente “ecumênico”, simplesmente discordam de nossas doutrinas fundamentais e, por causa disso, acabam saindo também.

Bebês que se tornaram rochedos ocultos

Aalguns que estiveram acompanhando os Bereanos por um tempo um pouco maior, saíram para causar divisões. Hipocritamente se dizem nossos irmãos, mas usam de engano, mentiras, e acusações para denegrir nossa obra. Acabam atraindo para si muitos “incautos”. Curiosamente, esses que pretendem ser líderes nunca foram anciãos ou diáconos entre nós, nem nunca deram palestras presenciais ou pela internet em nossas reuniões e convenções. Mal sabem explicar as doutrinas dos Estudantes da Bíblia em geral. Eram “bebês espirituais” (1 Cor. 3:1) que, ironicamente, em vez de alcançarem a maturidade, saíram apenas para fazer pirraça e causar divisões.


Devemos crescer na maturidade cristã, e não
continuar “bebês em Cristo” (1 Cor. 3:1)


Para exemplificar e sem citar nomes, certo indivíduo que esteve associado conosco assistiu, se muito, três ou quatro reuniões online e esteve em algumas reuniões presenciais. Ao sair, criou páginas na internet dando a impressão que são um grupo legítimo de Estudantes da Bíblia neste país. Mas um exame mais detalhado revela que o que se tem são apenas as páginas na internet desse ou de alguns outros que o apoiam e saíram em circunstâncias similares, ou grupos de WhatsApp para supostos “estudos” da Bíblia, mas onde nenhum estudo real é feito — em nossa opinião, são “falsos para com seu poder”. (2 Tim. 3:4, 5)

Declarações difamatórias no YouTube

Num vídeo de um canal de uma ex-Testemunha de Jeová (conhecido por seu agressivo ativismo anti-TJ e, agora, pelo visto, anti-EB), certo dissidente disse que “nós o obrigamos a se batizar”, entre outras declarações de natureza difamatória e anticristã. Comentando sobre isso, o Irmão estrangeiro que participou dos batismos emitiu a seguinte declaração oficial:

“Como potencial membro do Corpo de Cristo, gostaria de deixar claro que nunca forcei nem coagi ninguém a ser batizado. (Romanos 8:12-17) Para todos nós que estamos na corrida pelo prêmio da esperança celestial, essa é uma decisão muito sagrada. (Filipenses 3:13,14) A Consagração e o Batismo é uma decisão pessoal entre o indivíduo e nosso Pai Celestial. (Efésios 4:1-6) Na verdade, [o Irmão André e eu] nos reunimos com V***r e sua esposa antes de batizá-los, para ter certeza de que eles estavam preparados para isso. Além disso, recomendamos que a filha esperasse um pouco antes do batismo, porque ela parecia precisar de mais ajuda em sua caminhada cristã.”
OBS.: Os colchetes são nossos.

Nós, Estudantes da Bíblia Bereanos, jamais forçamos alguém a se batizar. Até mesmo consideramos como “válido” o batismo em alguns grupos religiosos, conforme a postagem abaixo:


Repreensão internacional — não “apoio”

Alguns desses indivíduos até mesmo já receberam o repúdio e a repreensão de irmãos importantes dos Estados Unidos, que se expressaram contra a atitude anti-cristã e separatista deles. Isso é irônico, pois dizem contar com o "apoio de diversos Estudantes da Bíblia ao redor do mundo", quando, na verdade, muitos desses não têm a menor ideia do que se passou. Além do mais, gostam de “inflar” qualquer apoio que recebem, citando, por exemplo um suposto “grupo inteiro”, quando, na verdade, tal “grupo”, na maioria das vezes, é apenas uma pessoa daquele país! 

Vejamos: 

Argentina (1 pessoa), Colômbia (1 pessoa), Venezuela (1 pessoa) e México (?? Não há EBs no México!) Estados Unidos (?? Os dissidentes foram chamados de “perseguidores da Igreja por irmãos influentes dos EUA!!!) da Croácia (1 pessoa, que é um EB “tradicional”. Se soubesse o que o grupo “dissidente” ensina, não os apoiaria!), Espanha (?? Não há EBs na Espanha!)...

Note que os dissidentes são mentirosos por darem a impressão que contam com o apoio da Associação Internacional dos Estudantes da Bíblia! O tal apoio internacional ou são de indivíduos ou de pessoas que eles consideram “Estudantes da Bíblia” mas que na verdade não o são. (Obs.: Muitos usam o nome “Estudantes da Bíblia” sem estarem de fato associados com o Movimento.) Temos certeza de que muitos desses supostos “apoiadores” não têm a menor ideia do que está se passando. E se têm alguma ideia, prova que os dissidentes estão promovendo suas mentiras e seitas por toda a parte! Também, dizem que “quatro famílias” abandonaram os Bereanos, quando, na verdade, são indivíduos: 1 casal (que esteve conosco por 1 mês!), um “estudante” (que esteve conosco por menos de 1 mês!) e os dois membros que saíram para promover a seita (apenas eles, pois suas esposas não demonstravam interesse em se tornar EBs) A que ponto chega o auto-engano!

Como dito, mesmo que houvesse “muitos apoiadores”, e “famílias” (não há) isso só deixaria claro o espírito sectário, demoníaco, que, em nossa opinião, estão promovendo por contatar pessoas com suas mentiras e por escrever artigos citando o nome do nosso grupo, até mesmo de modo jocoso e imoral. Sim — pasmem — de modo imoral! E o indivíduo que fez isso, sem o menor pudor, admite isso em seu site! E se acha certo! Isso tudo é prova de que seus corações já estão empedernidos. Sabemos que o julgamento final é o de Deus, mas certamente condenamos suas claras atitudes anti-cristãs! E nós, Estudantes da Bíblia Bereanos, não queremos ter nada que ver com tais pessoas e nem com qualquer um que apoie suas atitudes erradas!

Conclusão:


Muitos* dos que saíram e seus apoiadores são, em nossa opinião, como os “rochedos ocultos” descritos por Judas. Não encaramos nenhuma dessas pessoas e/ou páginas como sendo reais Estudantes da Bíblia ou fazendo a obra em conexão do Movimento Religioso criado pelo Pastor Russell em meados de 1870.

A obra do Irmão Russell, embora com autonomia congregacional e um caráter mais flexível de estrutura organizacional, sempre foi um grupo onde seus membros colaboravam uns com os outros, e condenavam o separatismo. No passado, o Irmão Russell chegou a expor algumas conspirações contra ele e o Movimento. Estamos fazendo o mesmo. Estamos soando esse alerta para que você não seja enganado. 

Conheça os Estudantes da Bíblia Bereanos

Somos um grupo pequeno no momento, mas unido, até porque nosso foco não está no aumento numérico, mas sim no aumento da graça — nas qualidades cristãs. Temos regulares reuniões semanais (não transmitidas pela internet) onde publicações e a Bíblia são estudadas, bem como uma Reunião Online transmitida ao vivo por nosso canal do YouTube, Estudantes da Bíblia Bereanos. Realizamos, uma vez por ano, o Memorial e uma convenção presencial. Convidamos você a acompanhar nossas reuniões para nos conhecer melhor.

Também, para entender melhor como os grupos legítimos são formados, queira ler as seguintes postagens deste site:





Obs.: 
  1. O artigo acima não é, de modo algum, um ataque gratuito a nenhuma pessoa ou grupo em particular, mas simplesmente um DIREITO DE RESPOSTA e um alerta para nosso público.
  2. * Nem todos os que deixaram de acompanhar a obra dos Estudantes da Bíblia Bereanos o fizeram pelos motivos acima. Respeitamos o direito da livre associação religiosa.

Comentários

Postagens mais visitadas