A Arca do Pacto — Paralelos bíblicos

Português 🇧🇷

A ARCA DO PACTO, que ficou no meio do rio enquanto os israelitas atravessavam, era um símbolo do favor de Deus para com eles. Em seu significado mais completo, representa apropriadamente o futuro favor de Deus para com o mundo inteiro por meio de Cristo. As águas do Jordão, representando a sentença de morte, secaram-se quando a Arca, levada pelos sacerdotes, entrou no rio. A Arca representa tanto a morte como a ressurreição de Jesus, pela qual vem o cancelamento da sentença de morte para que a terra prometida de bênçãos e descanso possa ser alcançada pela humanidade. A palavra de Deus afirma que “todas as nações” serão abençoadas através da “semente de Abraão, que é Cristo”. — Gál. 3: 8, 16

Também é significativo que a Arca tenha sido carregada pelos sacerdotes e que estes tenham passado pelo Jordão antes que qualquer um do povo pudesse atravessar. Estarem de pé, no meio do rio, ilustra o papel essencial desempenhado pelo grande sumo sacerdote e seus sacerdotes associados em libertar o povo da condenação. Jesus morreu pelos pecados do mundo, parando simbolicamente no meio do Jordão, para que o mundo tivesse a oportunidade de passar. (João 1:29) Os subsacerdotes, seguidores dos passos de Cristo, também param ali. Eles sacrificam suas vidas para que na próxima era possam participar na obra de ajudar o mundo a sair da terrível maldição da morte.

Não era necessário que os sacerdotes permanecessem no meio do rio Jordão para completar a prefiguração. Doze pedras foram colocadas exatamente onde os sacerdotes estavam. Essas pedras ilustram bem o “pequeno rebanho” de fiéis que foram chamados de cada “povo e nação”, e preparados para agirem como “reis e sacerdotes”. Eles, com Cristo como cabeça, reinarão sobre a Terra como o “sacerdócio real” de Deus em seu reino vindouro. (Lucas 12:32; Apo. 5:9, 10; 1 Ped. 2:9) Esses seguidores do Mestre tornam-se ‘mortos com Cristo’ de acordo com a carne. (Rom. 6:8) Eles não atravessam o Jordão, mas permanecem em seu meio, como as pedras que “estão lá até hoje”. (Jos. 4:9) Eles desistem de sua herança na terra de Canaã para buscarem o chamado celestial para a natureza divina, para que possam fazer parte da classe sacerdotal na era vindoura de bênçãos para a humanidade. (Revista A Aurora)

Comentários

Postagens mais visitadas