Quais são as crenças principais dos Estudantes da Bíblia?

Português 🇧🇷
Os Estudantes da Bíblia não são uma religião organizada com uma “sede” e hierarquia rígida, de onde todas as doutrinas são elaboradas e emanam.
Fazemos, ao contrário, parte de um Movimento Religioso fundado pelo Pastor Charles Taze Russell em meados de 1870, com uma livre associação de cristãos que possuem uma linha doutrinária semelhante, mas não idêntica em todos os detalhes. Nossas eclésias (congregações) são soberanas e independentes umas das outras, tendo, como cabeça, o próprio Cristo e respeitando a autoridade apostólica dos primeiros cristãos e suas instruções inspiradas. O Irmão Russell, embora muito prezado, não é visto como inspirado, ou infalível, ou alguém a quem devemos seguir cegamente, como as Testemunhas de Jeová, por exemplo, seguem o “Corpo Governante”. De fato, nós, os Estudantes da Bíblia Bereanos rejeitamos alguns ensinamentos claramente errados de Russell. Não mantemos rol de membros nem batizamos na religião “Estudantes da Bíblia Bereanos”, mas os que se batizam conosco dão indícios que já estão em união com Cristo Jesus, e que aceitaram a chamada celestial.
Apesar desse caráter mais liberal e flexível, os Estudantes da Bíblia compartilham, de modo geral, dos seguintes preceitos e posições doutrinárias importantes:
  • O nome de Deus é Yahweh (Jeová, Javé, Iavé) e Ele é o Soberano do Universo, o Criador, o Pai e Deus de Jesus. Somente Ele existe de “eternidade a eternidade”(Salmo 90:2, NVI)
  • Jesus é o Filho de Deus, criado por Yahweh e é cabeça da Igreja. Jesus hoje possui imortalidade, e “é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação” (Col. 1:15), mas não o próprio Deus Todo-poderoso.
  • O Espírito Santo é uma força, não uma pessoa, e emana tanto de Deus quanto de Jesus, que o recebe de Deus. (Atos 2:33)
  • A alma humana não é inerentemente imortal. A imortalidade, nos céus, só é dada aos cristãos que forem fiéis até o fim. (Eze. 18:4; Ecl. 9:5, 6; 1 Cor. 9:25; Apo. 2:10)
  • O chamado desta Era Evangélica é para a vida celestial. A Terra será habitada por pessoas perfeitas num paraíso, mas não existe hoje uma classe de “cristãos da Terra”. Todo cristão verdadeiro (gerado por Espírito), vai para o céu. (João 14:2, 3)
  • Não existe Inferno de Fogo. O Lago de Fogo, de Apocalipse 20:14, é um símbolo de destruição eterna, aniquilação, sem sofrimento consciente.
  • A obra principal de Jesus durante a atual Era Evangélica é o ajuntamento da Igreja, que irá para os céus reinar com Cristo. (João 14:2, 3)
  • A salvação, ou mais especificamente, o Resgate, é para TODOS. (1 Tim. 2:6, NVI) Os que aceitam o chamado de Cristo e se consagram para servir a Deus agora podem obter a salvação para o céu, quer na classe principal (144 mil) quer na classe secundária (Grande Multidão). Todos os demais terão uma segunda chance aqui na Terra, onde terão plena oportunidade de aprenderem a justiça. Os incorrigíveis serão destruídos na Segunda Morte (o Lago de Fogo). Apenas a Igreja já está agora debaixo de julgamento e, portanto, é passível de ir para a Segunda Morte (Lago de Fogo).
  • O Israel natural está sendo restaurado e ocupará um papel importante na fase terrestre do Reino de Deus.
  • Jesus está presente invisivelmente supervisionando sua Igreja e realizando a obra preparatória do Reino.
  • Estamos vivendo nos últimos dias, no fim desta Era Evangélica.
  • A obra da Igreja é pregar a Mensagem da Colheita e encontrar os últimos grãos de trigo verdadeiro, os prospectivos membros da Jerusalém Celestial.
  • Respeitamos pessoas de todos os credos, mas não acreditamos que Deus se revela por todos os diversos escritos sagrados como o Alcorão, os Vedas, os apócrifos ou extra-bíblicos (quer antigos, quer novos, como “O Livro de Mórmon”), e mesmo os escritos do Irmão Russell, senão exclusivamente pela Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada. Não somos, portanto, ecumênicos, nem seguidores de homens. Somos Estudantes da Bíblia.
O uso do nome “Estudantes da Bíblia” e o emblema da Cruz Coroada
O fato de um grupo usar o nome “Estudantes da Bíblia” e mesmo a Cruz Coroada não faz, automaticamente, com que tal grupo esteja associado com o Movimento dos Estudantes da Bíblia. O que determinará a legitimidade do grupo como parte do Movimento Histórico iniciado pelo Pastor Russell em meados de 1870 são, justamente, a aderência às doutrinas fundamentais e amplamente aceitas em todo o Movimento. (Podemos diferir em alguns ensinamentos, no entanto.) Outro ponto que identifica um grupo como Estudantes da Bíblia Bereanos, ou Estudantes da Bíblia Associados, ou Estudantes Internacionais da Bíblia, etc., é a cooperação voluntária do grupo com outras eclésias espalhadas pelo mundo com igual, ou semelhante, visão histórica e/ou doutrinária, bem como a cooperação com uma, ou todas, as principais casas publicadoras, como A Aurora, o PBI, o Chicago Bible, e outras. Alguns grupos até usam um nome específico, como o caso dos Estudantes da Bíblia Aurora, também conhecidos por “Auroristas”. Outros, como nós, são conhecidos como “Estudantes da Bíblia Bereanos”, por termos descartado algumas doutrinas de Russell como a doutrina da Grande Pirâmide. Todos esses, num maior ou menor grau, refletem o entendimento tradicional e usam a obra do Irmão Russell como guia de estudo da Bíblia. Podemos não concordar com todo o entendimento de alguns dos grupos citados, mas não resta dúvida de que fazem parte do Movimento dos Estudantes da Bíblia. Mas qualquer grupo que use o nome “Estudantes da Bíblia”, ou alguma variação deste, e que professe crer em doutrinas claramente falsas, como a que Jeová e Jesus são a mesma pessoa, ou que o Espírito Santo é uma pessoa, ou que a alma é inerentemente imortal, ou que o Inferno de Fogo existe, etc., tal grupo simplesmente não tem nada que ver com os originais Estudantes da Bíblia, pois repudiamos completamente tais doutrinas falsas. Naturalmente, não estamos aqui julgando os indivíduos que creem em tais doutrinas. Jesus disse: “Não julgueis, para que não sejais julgados.” (Mateus 7:1)
Aqui no Brasil, somos conhecidos como Estudantes da Bíblia Bereanos, e, às vezes, acrescentamos “no Brasil”, para indicar o país. Cada eclésia decide o nome pelo qual o grupo local será chamado.
Mais importante do que um nome, porém, são nossos laços com o Movimento dos Estudantes da Bíblia em geral, e nossa estreita cooperação com diversas eclésias e grupos de Estudantes da Bíblia mundo afora. Isso é o que nos torna, em nossa opinião, verdadeiros Estudantes da Bíblia.

Nem todo grupo que usa o nome “Estudantes da Bíblia” e/ou a Cruz Coroada está associado ao Movimento fundado pelo Pastor Russell

Padrões de moral:
Os Estudantes da Bíblia defendem elevadíssimos padrões de moral. Buscamos a santidade pessoal, obedecendo ao mandamento: “Sejam santos”. (1 Ped. 1:16, VFL)
Assim, as seguintes práticas antibíblicas, entre outras, são TOTALMENTE REPUDIADAS:
  • Bebedeiras (mas não o consumo moderado de álcool)
  • Uso de drogas, fumo, etc.
  • Imoralidade sexual
  • Adultério
  • Homossexualismo, bissexualismo, etc.
  • Transgenderismo
  • Bestialidade
  • Pornografia
  • Pedofilia
  • Violência
  • Ira, agressividade, etc.
  • Roubo, furto, etc.
  • Mentira, engano, desonestidade, etc.
  • Espiritismo, bruxaria, ocultismo, etc.
Textos como os abaixo deixam isso bem claro:
“Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus.” (1 Cor. 6:9-10, NVI)
“Fora ficam os cães, os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira.” (Apo. 22:15, NVI)
Vivemos num mundo de relativismo moral. Descrevendo a situação atual, Isaías 5:20 diz: “Ai dos que chamam ao mal bem e ao bem, mal, que fazem das trevas luz e da luz, trevas, do amargo, doce e do doce, amargo.” Alguns indivíduos e religiões que se dizem cristãs têm  feito exatamente isso, invertendo e subvertendo os padrões de justiça de Deus. Mas não é assim entre nenhum dos grupos de Estudantes da Bíblia, dos mais conservadores aos mais liberais. Nós, “Estudantes da Bíblia Bereanos”, por exemplo, também defendemos os mesmos padrões elevados de moral. Entendemos que, se alguém quiser se associar conosco, também deve possuir esses mesmos padrões elevados. Não toleramos a prática impenitente do pecado entre nós.
Alguém que queira se tornar um Estudante da Bíblia precisa PRIMEIRO combater essas práticas degradantes. Precisa se ARREPENDER profundamente perante Deus, DAR MEIA-VOLTA e buscar Seu PERDÃO.
Para maiores informações, queira ler: 


Há que se fazer, porém, uma distinção entre a prática impenitente de tais coisas, e a eventual queda, ou tropeço, (ainda que várias vezes) por parte daqueles que lutam arduamente para vencer tendências pecaminosas. Acolhemos e ajudamos a estes, ao passo que nós mesmos nos esforçamos para “ficar de pé”. (Prov. 24:16, 1 Cor. 10:12)
Acreditamos também que os que não estão em união com Cristo Jesus receberão uma segunda chance aqui na Terra, onde, sem a influência do mundo, da carne imperfeita e de Satanás, terão condições muito mais favoráveis para aprender a justiça e ganhar a vida eterna. Nesse sentido, os Estudantes da Bíblia são muito mais amorosos para com os que erram, pois não condenamos as pessoas automática e indiscriminadamente à destruição. Deixamos todo julgamento nas mãos do Justo Juiz, durante o dia que Ele designou para isso: a Era Milenar. (Atos 17:31)
Então, como podemos ver, tornar-se um Estudante da Bíblia não é um ato de filiação a uma religião. Oferecemos um estudo biblico para os interessados a se tornarem Estudantes da Bíblia. Todavia, mais importante que o mero conhecimento intelectual, é importante, em primeiro lugar, amar a Deus, a Cristo, ao próximo e a Verdade basilar, respeitando opiniões diferentes em assuntos menores e não-salvíficos, ao passo que se leva uma vida de retidão moral, associado(a) com outros cristãos Estudantes da Bíblia de semelhante e preciosa fé.
Este texto não pode ser reproduzido sem a expressa autorização do autor. Todos os direitos reservados. ©

Comentários

  1. porque o uso da cruz , cristo foi morto nela ou em um madeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As evidências históricas indicam que Cristo morreu numa cruz: http://www.ebbereanos.org/2017/12/jesus-morreu-numa-cruz-ou-numa-estaca.html

      Excluir
  2. Quem for para o céu vai voltar a viver na terra em algum momento. Ou seja depoi do milênio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. A Bíblia indica, inequivocamente, que quem for para o céu jamais voltará para voltar a viver na Terra: "Logo em seguida, nós, os que estivermos vivos sobre a terra, seremos arrebatados como eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E, assim, estaremos com Cristo para sempre!"

      Sabemos que Cristo é uma criatura espiritual imortal, que vive no céu. Se Cristo vive no céu para sempre, os cristãos verdadeiros viverão lá também, com ele, e para sempre. Outros textos que indicam isso:

      Romanos 8:29: "Porquanto, aqueles que antecipadamente conheceu, também os predestinou para serem semelhantes à imagem do seu Filho, a fim de que Ele seja o primogênito entre muitos irmãos."

      1 Coríntios 15:49: "Assim como obtivemos a imagem do homem terreno, receberemos de igual modo a imagem do homem celestial. Todos seremos transformados."

      Filipenses 3:21: "...que transformará nossos corpos humilhados, tornando-os semelhantes ao seu corpo glorioso, pelo poder que o capacita a colocar tudo o que existe debaixo do seu pleno domínio."

      2 Pedro 1:4: "...pelas quais nos tem outorgado suas preciosas e grandiosas promessas, para que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo."

      2 Coríntios 3:18: "Mas todos nós, que com a face descoberta contemplamos, como por meio de um material espelhado, a glória do Senhor, conforme a sua imagem estamos sendo transformados com glória crescente, na mesma imagem que vem do Senhor, que é o Espírito."

      Colossenses 3:4: "Quando Cristo, que é a vossa vida, for manifestado, também vos manifestareis com Ele em glória."

      João 14:2, 3: "Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também."

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado por expressar sua opinião!

Postagens mais visitadas